quarta-feira, junho 01, 2016

Formigamento nas pernas - quando é síndrome das pernas inquietas?

Síndrome das penas inquietas (SPI) é uma condição que pode ser genética, acometendo várias pessoas em uma mesma família em várias idades, ou adquirida por várias doenças diferentes. Os sintoma da SPI são uma sensação de formigamento ou dor nas pernas e pés que geralmente ocorre no final da tarde ou à noite, especialmente quando o paciente dorme. O paciente descreve essas sensações como "algo subindo em suas pernas", ou "mordendo suas pernas", e que melhoram completamente ou parcialmente com a movimentação das pernas, ou quando o paciente se levanta e anda pela casa. Não há movimentos involuntários, que ocorrem sem a vontade do paciente, e os sintomas podem subir aos braços. 

Doenças que causam a SPI são doenças renais (dos rins), doença de Parkinson, anemia por deficiência de ferro ou por deficiência de vitaminas. A SPI ocorre mais comumente em idosos, mas pode ocorrer em jovens, especialmente nas formas genéticas.

Não existem exames que diagnostiquem este problema, e o tratamento, simples e feito com medicamentos, leva a melhora importante dos sintomas na maioria dos pacientes.

quinta-feira, maio 26, 2016

Tontura

Já falamos várias vezes sobre tontura aqui no blog, mas poderemos falar ainda mais. 
Tontura é um termo vago, e pode significar muitas coisas. Sabemos que aquela sensação de fraqueza, de moleza no corpo, de fadiga, muitos acabam chamando de tontura. 
Da mesma forma, aquela sensação de mal estar, de cabeça vazia, muitos também chamam de tontura. 
E aquela sensação de que está tudo balançando ou rodando, também pode ser chamada de tontura. 
Pois bem, quando o paciente chega no consultório, e nos fala que sente tontura, começamos a pensar sobre a que tipo de tontura o paciente está se referindo. Isso é muito importante, pois o tipo de tontura, aliado aos sintomas que a acompanham, é que dá o diagnóstico. ,

Imagine o paciente que chega ao consultório com sensação de cabeça vazia e moleza quanfo fica em pé, e chama isso de tontura. A causa mais importante pode ser uma síndrome de hipotensão postural (queda de pressão ao ficar em pé), muito comum em idosos e pacientes desnutridos e desidratados. 

Já se o paciente refere que a tontura é como se tudo estivesse rodando, com ânsia de vômito, a sugestão maior é o de uma síndrome vestibular periférica (vulga labirintite).

Sempre é bom informar ao médico de forma clara e sucinta, resumida, os sintomas que apresentamos, pois somente assim o médico consegue fazer o diagnóstico.